1. Somente usuários com pelo menos 20 posts poderão criar tópicos nas áreas de Point Blank, Combat Arms, CrossFire e Warface.
    Fechar Aviso

Anonymous derruba site da Nissan em protesto contra caça às baleias no Japão

Discussão em 'B.P - Notícias' iniciado por iPαrαdise, Janeiro 14, 2016.

Status do Tópico:
Não esta aberto para novas mensagens.
  1. 751
    16
    365
    iPαrαdise

    iPαrαdise Milα Spook .
    • 365/406

    Afiliado:
    Junho 28, 2015
    Mensagens:
    751
    Agradecimentos:
    16
    Pontos de Troféu:
    365
    Anonymous derruba site da Nissan em protesto contra caça às baleias no Japão
    [​IMG]

    O site global da Nissan Motor foi derrubado na manhã desta quarta-feira (13), tornando-se o mais recente entre dezenas de ataques a organizações que estão na mira de ativistas. Hackers que se dizem afiliados ao grupo Anonymous assumiram a responsabilidade pela invasão a sites de empresas e agências governamentais do Japão.


    Supostamente, a campanha dos hackers é uma forma de protestar contra a caça de baleias no Japão. Apesar de confirmar que seu site ficou fora do ar, a Nissan destacou que não tem nenhuma conexão com o ato de matar baleias. De acordo com o Anonymous, até agora os hackers já derrubaram diversas páginas, entre elas o site pessoal do primeiro-ministro Shinzo Abe, do museu baleia e de um resort que exibe golfinhos.

    "Devido a um potencial ataque de negação de serviço, estamos suspendendo temporariamente os serviços em nossos sites para evitar maiores riscos", disse Dion Corbett, um porta-voz da Nissan. "A Nissan realiza monitoramentos constantes e toma medidas agressivas para garantir a proteção de seus sistemas de informação e todos os seus dados".

    Apesar do protesto de diversos ativistas, organizações ambientais e celebridades, a caça às baleias e golfinhos no Japão continua. Tantos anos da prática fizeram com que diversas espécies ficassem em vias de extinção e desencadeou uma campanha internacional para salvar os animais. Desde 1986, a caça às baleias é proibida no Japão, mas ainda assim são relatadas milhares de mortes na região.
     

Status do Tópico:
Não esta aberto para novas mensagens.

Compartilhe esta Página